(21) 3079-3997   (21) 96711-4331

27 de Junho: Dia Internacional do Diabetes – o que você precisa saber sobre essa doença

Há dois tipos de diabetes e ambos se caracterizam pela deficiência de produção e/ou resistência à ação da insulina. A insulina é um hormônio que controla a quantidade de glicose (açúcar) no sangue – o que pode causar lesões vasculares e atrapalhar a circulação sanguínea. Há dois tipos de diabetes:

Diabetes tipo 1: as células produtoras de insulina são destruídas pelo próprio organismo (auto-imunidade). Diagnosticada geralmente na infância ou adolescência.

Diabetes tipo 2: o pâncreas produz a insulina, mas em quantidade insuficiente pra superar a resistência à ação dela. Mais comum em pessoas a partir dos 40 anos, acima do peso e sedentárias.

Sintomas

Visão embaçada, formigamento, infecção genital (candidíase), dificuldade na cicatrização, sede e fome excessivas, perda de peso, aumento no volume  urinário  ou até mesmo nenhum sintoma inicialmente.

Fator de risco

O fator hereditário é o mais determinante dos fatores de risco no caso da diabetes 2, junto com hipertensão arterial, sobrepeso e obesidade. As causas da diabetes 1 ainda não estão identificadas, mas parece que as infecções (especialmente as virais) são as maiores responsáveis pelo processo autoimune (que produz reação imunológica contra seu próprio corpo).

Tratamento

No primeiro momento, informação e conhecimento é o primeiro passo para tratar diabetes. Assim o paciente pode tomar as melhores decisões.

O segundo passo é controlar a glicose. Pois se ela permanece alta demais, pode desencadear diversas complicações a curto e longo prazo, como retinopatia, nefropatia, neuropatia, pé diabético, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, entre outros.

Tanto a insulina quanto a medicação oral são usadas no tratamento, que conta também com a ajuda de aparelhos tecnológicos, que vão desde glicosímetros (usados para medir a glicose no sangue) até bombas de infusão de insulina e sensores de monitorização da glicose.

Prevenção

A prática regular de exercício físico é fundamental porque controla a glicose e o estress, além de queimar gordura corporal. Muitos casos de diabetes 2 podem ser evitados quando se está dentro do peso normal, com hábitos alimentares saudáveis.

Por enquanto, o diabetes não tem cura. Mas o controle da doença envolve especialmente acompanhamento médico, pois também é possível que a doença se agrave.

Fonte: Medical Site

QUEM SOMOS

Medical Site é uma empresa criada com o objetivo de cuidar da imagem de profissionais de saúde e estabelecimentos médicos de todos os portes na web. São profissionais experientes, com mais de 10 anos de contato com a área médico, que pensam e produzem as ferramentas e o conteúdo gerado pela empresa para seus clientes.

0
Conectando
Um momento...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Por favor, deixe sua mensagem.

* Nome
* Email
Telefone
Assunto
* Como podemos ajudar?
Entrar no chat

Temos um especialista online! Envie sua pergunta.

* Nome
* Email
Telefone
* Como podemos ajudar?
Estamos online!
Feedback

Ajude-nos a melhorar! Deixe seu feedback.

Como foi nosso atendimento?