(21) 3079-3997   (21) 96711-4331

Como o diagnóstico de câncer afeta a vida sexual?

Independente de qualquer doença, a sexualidade varia muito de pessoa para pessoa. Para algumas, o diagnóstico de câncer não muda nada, não há alteração no nível de energia e desejo sexual durante o tratamento. Para outras, o sexo passa a ter menos importância diante das circunstâncias e até mesmo diante das alterações físicas e emocionais consequentes do tratamento, que pode provocar estresse, depressão, fadiga, náuseas, dor e outros efeitos colaterais que levam à perda do desejo.

Quando o tratamento começa, as mudanças sexuais causadas pela quimioterapia são diferentes em homens e mulheres. Nas mulheres, a quimioterapia é responsável por alterações nos ovários e nos níveis hormonais. São alterações que podem desencadear uma menopausa precoce e uma falta de lubrificação vaginal. Nos homens, a quimioterapia também afeta os níveis hormonais, fazendo decair a taxa de sangue para o pênis, podendo levar à impotência. Em ambos, a quimio provoca diminuição do desejo sexual e até infertilidade.

Mas se o paciente já tinha uma vida sexual saudável antes de iniciar o tratamento, as chances de voltar a ter prazer durante o processo são enormes. Mas é possível também que ele ou ela ressignifique a intimidade: se antes era sexo, talvez durante o tratamento passe a ser atenção, cuidado, carinho.

É inegável que o diagnóstico vai afetar a vida sexual do (a) paciente porque afeta a vida como um todo, mas tudo depende de como ele encara e reage ao processo, tanto psicológica, como emocional e até fisicamente. Nesta fase a participação de amigos, familiares e companheiros pode influenciar muito na melhora da autoestima.

Uma possibilidade de avanço consiste na informação – quanto mais informações sobre o próprio estado de saúde o paciente tiver, melhor. Deve-se obter o máximo de conhecimento com o médico e outras fontes confiáveis para entender o que pode (ou não) fazer antes, durante e após o tratamento. Conversar com o parceiro sobre as preocupações, desejos e demais subjetividades também pode ser uma boa opção. O pior inimigo da saúde sexual é o silêncio, mesmo que ninguém esteja doente.

Fonte: Medical Site

QUEM SOMOS

Medical Site é uma empresa criada com o objetivo de cuidar da imagem de profissionais de saúde e estabelecimentos médicos de todos os portes na web. São profissionais experientes, com mais de 10 anos de contato com a área médico, que pensam e produzem as ferramentas e o conteúdo gerado pela empresa para seus clientes.

0
Conectando
Um momento...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Por favor, deixe sua mensagem.

* Nome
* Email
Telefone
Assunto
* Como podemos ajudar?
Entrar no chat

Temos um especialista online! Envie sua pergunta.

* Nome
* Email
Telefone
* Como podemos ajudar?
Estamos online!
Feedback

Ajude-nos a melhorar! Deixe seu feedback.

Como foi nosso atendimento?