(21) 3079-3997   (21) 96711-4331

O que não pode faltar no seu site?

Quando um médico decide entrar no meio digital e criar o seu site, ele deve levar em conta não apenas o design, que, é claro, deve ser atraente, mas também algumas informações importantes capazes de passar segurança e credibilidade a seus pacientes.

O cliente, ao procurar pelo médico na internet, tem a expectativa de encontrar informações relevantes sobre o profissional. Por isso, a elaboração de um mini-currículo é imprescindível. Dados como formação, certificações, títulos e cargos conferem credibilidade ao médico.

Na internet, o apelo visual é muito grande, por isso, é muito importante que o profissional disponibilize fotos de seu ambiente de trabalho (clínica, consultório, etc.). Muitas vezes, uma foto de seu consultório em seu site pode convencer o paciente e ser um fator decisivo em sua escolha.

Disponibilizar fotos suas e informações também sobre a sua equipe faz com que os pacientes se identifiquem e se sintam mais próximos e seguros. Por isso, se for possível, não deixe de lado essas referências.

Por fim, fale sobre o que você oferece e como encontrar. Informações de contato como endereço e telefone não podem faltar, tampouco os serviços e tratamentos oferecidos.

 

Por Rosalia Santos

O marketing boca-a-boca ainda funciona

Mesmo com todos os avanços na área do marketing, especialmente o digital, tem uma coisa que jamais fica ultrapassada: o boca-a-boca. Você pode usar as ferramentas mais avançadas, mas uma coisa é certa: as pessoas confiam no que as outras falam. E como fazer com que as pessoas falem bem de você?

Bom, parece simples, mas no dia-a-dia, com o cansaço e a correria, algumas coisas passam despercebidas. Vamos listar algumas:

  1. Mantenha sempre a sala de espera e o consultório limpos e organizados;
  2. Cuide da sua aparência, esteja sempre apresentável;
  3. Centralize toda sua atenção no paciente. Não realize outras tarefas enquanto está com ele e chame-o sempre pelo nome;
  4. Coloque seus aparelhos eletrônicos no modo silencioso;
  5. Explique os procedimentos com bastante paciência e clareza;
  6. Seja atencioso, acompanhe o paciente até a porta na hora dele ir embora.

Seguindo essas instruções seu paciente terá uma boa impressão sobre você e, somado à sua competência, não tem erro, ele vai te recomendar com certeza.

Por Rosalia Santos

Marcando presença com o e-mail marketing

O e-mail marketing é uma excelente estratégia para fidelizar pacientes. Ele permite que você mantenha sua marca sempre próxima e na lembrança do seu público. Não existe uma frequência padrão de envio, mas o ideal é que haja pelo menos um disparo por mês.

Mas o que posso enviar nesse e-mail marketing? O conteúdo do e-mail deve ser escolhido com cautela, já que você o está associando à sua imagem. Ele pode ser uma newsletter, um aviso, uma promoção ou simplesmente uma dica que você gostaria de dar a seus pacientes.

Uma das vantagens do e-mail marketing é que, q usando bem construído, ele se torna útil e esperado. Além disso, pode ser individual, ou seja, é como se você estivesse falando única e exclusivamente com aquele usuário que o recebeu.

E, cá entre nós, quem não gosta de se sentir especial?

 

Por Rosalia Santos

Fanpage e perfil no Facebook, qual escolher?

Muitas pessoas ainda têm dificuldade para compreender as diferenças entre uma fanpage e um perfil pessoal no facebook. O fato é que a principal diferença entre as duas é que a fanpage é exclusiva para empresas e o perfil, para os usuários comuns.

A fanpage traz muito mais benefícios do que o perfil pessoal. Ela não restringe o número de fãs, permite a publicidade, além de traçar informações estatísticas sobre o público. Usando a sua fanpage você pode fornecer informações a seus pacientes, como os serviços disponíveis, endereço e telefone para contato. Além disso, pode proporcionar conteúdo interessante para a sua área de atuação.

O facebook é uma maneira simples de chegar ao seu público pois, ao acessar a página, ele não precisa procurar você, ele simplesmente recebe o que você tem a oferecer. Isso é uma forma de estar sempre presente do dia-a-dia do seu paciente, facilitando a comunicação entre vocês.

Por Rosalia Santos

Read More

Por que um médico deve ter o seu próprio site?

Embora ainda recente em nosso cotidiano, o mundo digital é cada vez mais parte da vida dos brasileiros. Com o uso do smartphone, há pessoas que estão 24 horas por dia conectadas. Ter seu próprio site significa estar ao alcance dessas pessoas a qualquer momento, em qualquer lugar.

Pesquisas revelam que 65% dos brasileiros usam a internet para pesquisar produtos e serviços que desejam comprar/contratar.

Desses 65%, 33% dizem buscar informações relacionadas à saúde. Se você não tiver um espaço seu na web, duas coisas podem acontecer: ou essas pessoas não vão lhe encontrar, ou vão encontrar conteúdo sobre você sem a sua supervisão. Então, seu site é a sua vitrine para esses internautas e torná-lo atraente é essencial para o sucesso.

Portanto, fica claro que para fidelizar e alcançar novos pacientes, estar presente no meio digital por meio do seu próprio site é a maneira mais indicada. Não deixe de disponibilizar o conteúdo necessário para que o cliente possa te conhecer: sua experiência e formação, os serviços que você oferece e como entrar em contato com sua clínica/consultório.

Por Rosalia Santos

Read More

Publicidade médica: você sabe o que precisa saber?

Você deve conhecer, mas dá a devida importância às regras de publicidade médica do Conselho Federal de Medicina? O órgão definiu de uma forma bem clara o que deve e o que não deve ser feito pelos médicos em matéria de publicidade e marketing. Não custa nada dar uma lida, então por isso a gente estudou e resumiu para você o que, de fato, é imprescindível saber.

O CFM escreveu:

É cada vez mais importante se comunicar bem com as pessoas. E na medicina não é diferente. Para que as informações sejam passadas de maneira correta e ética, foi criada a Resolução CFM 1974/11.

Essa importante norma trata das regras da publicidade médica e visa impedir o sensacionalismo, a autopromoção e a mercantilização do ato médico. Também evita abusos em propagandas e publicidades, que podem levar a processos ético-disciplinares. Isso é bom para a medicina, para o paciente e para toda a sociedade.

O RESUMO DAS REGRAS (clique para abrir)

PODE

É cada vez mais importante se comunicar bem com as pessoas. E na medicina não é diferente. Para que as informações sejam passadas de maneira correta e ética, foi criada a Resolução CFM 1974/11. Essa importante norma trata das regras da publicidade médica e visa impedir o sensacionalismo, a autopromoção e a mercantilização do ato médico. Também evita abusos em propagandas e publicidades, que podem levar a processos ético-disciplinares. Isso é bom para a medicina, para o paciente e para toda a sociedade.

NÃO PODE

É cada vez mais importante se comunicar bem com as pessoas. E na medicina não é diferente. Para que as informações sejam passadas de maneira correta e ética, foi criada a Resolução CFM 1974/11. Essa importante norma trata das regras da publicidade médica e visa impedir o sensacionalismo, a autopromoção e a mercantilização do ato médico. Também evita abusos em propagandas e publicidades, que podem levar a processos ético-disciplinares. Isso é bom para a medicina, para o paciente e para toda a sociedade.

Read More

QUEM SOMOS

Medical Site é uma empresa criada com o objetivo de cuidar da imagem de profissionais de saúde e estabelecimentos médicos de todos os portes na web. São profissionais experientes, com mais de 10 anos de contato com a área médico, que pensam e produzem as ferramentas e o conteúdo gerado pela empresa para seus clientes.

0
Conectando
Um momento...
Enviar mensagem

Desculpe, não estamos online no momento. Por favor, deixe sua mensagem.

* Nome
* Email
Telefone
Assunto
* Como podemos ajudar?
Entrar no chat

Temos um especialista online! Envie sua pergunta.

* Nome
* Email
Telefone
* Como podemos ajudar?
Estamos online!
Feedback

Ajude-nos a melhorar! Deixe seu feedback.

Como foi nosso atendimento?